Conflito mata 33 rebeldes em Uganda

Soldados entraram em conflito com rebeldes no nordeste de Uganda, matando 33 dos insurgentes em três diferentes batalhas, informa o Exército. Três soldados foram mortos.As tropas oficiais mataram 14 membros do Exército de Resistência do Senhor durante combates em Wila Wila, uma vila ao norte de Kampala, disse o porta-voz militar tenente Paddy Ankunda. Mais tarde, outro grupo de soldados matou quatro rebeldes perto de Kalaki. Esses enfrentamentos ocorreram na quinta-feira. Um dia antes, 15 rebeldes e três soldados foram mortos em combate perto do centro comercial de Dokolo. Não foi possível confirmar os números com os rebeldes, que raramente falam com a imprensa. Liderados por Joseph Kony, que alega possuir poderes espirituais, o Exército do Senhor é uma organização clandestina que enfrenta o governo do presidente Yoweri Museveni desde sua posse, em 1986.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.