Conflito mata 6 policiais e 21 milicianos no Afeganistão

Atentados de milicianos contra postos policiais e um prédio do governo no leste do Afeganistão resultaram na morte de seis policiais e 21 insurgentes, informou hoje o Ministério do Interior do país. Os ataques contra dependências do governo tiveram início ontem no distrito de Barghe Matal, província do Nuristão, e continuaram hoje, disse o porta-voz Zemerai Bashary. "Estamos trabalhando num plano para enviar reforços."

AE-AP, Agencia Estado

08 de julho de 2009 | 12h16

Os insurgentes vem há tempos usando as áreas montanhosas e cheias de árvores do Nuristão como base para suas operações. A província faz fronteira com a região tribal do Paquistão, onde os insurgentes também estão em atividade.

Em Londres, o Ministério da Defesa anunciou que um soldado britânico morreu ontem numa explosão na província de Helmand. Ele foi o sétimo soldado britânico morto no Afeganistão em uma semana, informou o ministério.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.