Conflito na Costa do Marfim deixa nove mortos

Nove pessoas - oito soldados franceses e um civil americano - morreram num bombardeio aéreo de forças da Costa do Marfim, informou a presidência da França. Os bombardeios, realizados por aviões da Costa do Marfim, deixou ainda 23 feridos, segundo um porta-voz do Ministério da Defesa da França. Forças francesas derrubaram dois caças Sukhoi 25 e um helicóptero de combate MI-24 da Costa do Marfim, depois que os aparelhos bombardearam posições da França, informou a ONU.O incidente - o maior confronto já ocorrido entre militares da Costa do Marfim e seus antigos colonizadores - ocorreu na cidade de Brobo, nas proximidades da região nortista controlada por rebeldes.Não houve notícias de vítimas entre as forças da Costa do Marfim.Teme-se que haja uma séria escalada nas hostilidades no país africano, onde forças do governo reabriram na quinta-feira uma ofensiva contra rebeldes, quebrando um cessar-fogo de mais de um ano na guerra civil na Costa do Marfim.A França e as Nações Unidas têm cerca de 10.000 soldados de paz na nação do oeste africano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.