Conflito político deixa um morto e 12 feridos, no México

Quatro dias antes das eleições no Estado mexicano de Oaxaca, simpatizantes de dois partidos rivais enfrentaram-se nas ruas do pequeno povoado de Huautla de Jiménez, nesta terça-feira. Os envolvidos usavam pedras, facas e armas de fogo. Uma pessoa morreu e aproximadamente uma dúzia ficou ferida no conflito. O embate começou quando os integrantes do esquerdista Partido da Revolução Democrática (PRD) resolveram intervir em uma campanha do candidato Ulises Ruiz, do Partido Revolucionário Institucional (PRI), que dominou a política estatal por décadas.Segundo testemunhas, os perredistas teriam bloqueado as estradas que levam ao povoado e estavam cobrando pedágios de US$ 4,50 de motoristas que queriam passar por Huautla de Jiménez. A ação seria uma aparente tentativa de arrecadar fundos a partir dos simpatizantes do partido rival ou simplesmente interferir no desenvolvimento da campanha de Ruiz, informou o porta-voz do governo de Oaxaca, Carlos Velazco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.