Conflitos deixam 22 mortos na República Centro-Africana

Autoridades relatam que pelo menos 22 civis foram mortos em meio a um combate na cidade de Mala, na República Centro-Africana.

AE, Agência Estado

05 Maio 2014 | 18h49

Augustin Freddy Ndoukoulouba, um parlamentar da área, disse que violentos combates eclodiram nesta quinta-feira entre rebeldes muçulmanos e combatentes de milícias cristãs em Mala, localizada na região centro-norte, que é cada vez mais instável do país.

Ndoukoulouba disse na segunda-feira que a situação é tão instável e violenta em Mala que as pessoas têm sido incapazes de enterrar os mortos e que os feridos foram deixados à própria sorte.

O parlamentar disse que a maioria dos moradores da cidade fugiram para a floresta que circunda a cidade à medida que os rebeldes muçulmanos assumiram o controle da região nesta segunda-feira.

A violência sectária se acentuou na República Centro-Africana em dezembro. Milhares de soldados das forças de paz francesas e africanas atuam para tentar ajudar a estabilizar o país. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
República Centro-Africana violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.