Conflitos deixam 26 mortos e 180 feridos

Novos conflitos entre manifestantes de oposição e a polícia deixaram pelo menos 26 mortos e 180 feridos ontem em Sana, capital do Iêmen. Os choques ocorreram durante uma grande manifestação nas ruas da capital. Na zona norte houve confronto de oposicionistas com a Guarda Republicana, dirigida por Ahmed Ali Abdullah Saleh, filho do presidente iemenita, Ali Abdullah Saleh. Desde o dia 27 de janeiro, o Iêmen vive uma revolta popular que pede a saída do presidente. Saleh está na Arábia Saudita se recuperando dos ferimentos sofridos num atentado em junho.

, O Estado de S.Paulo

19 Setembro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.