Conflitos deixam 67 mortos no Sri Lanka, dizem militares

Autoridades militares do Sri Lanka afirmaram nesta segunda-feira que pelo menos 67 pessoas, entre soldados e rebeldes, morreram em confrontos no norte do país. A disputa ocorreu em um bastião do grupo Exército de Libertação dos Tigres do Tamil Eelan (LTTE).Um porta-voz militar, brigadeiro Udaya Nanayakkara, disse que dez soldados morreram nesta segunda-feira, durante uma batalha para capturar uma pequena porção de terra. Na área os rebeldes mantêm em seu domínio uma estreita passagem, a fim de proteger sua capital de facto.O porta-voz também afirmou que 57 membros do LTTE morreram durante os confrontos. Membros do grupo rebelde ainda não haviam comentado o caso.

AE-AP, Agencia Estado

22 de dezembro de 2008 | 13h34

Tudo o que sabemos sobre:
Sri Lankaconfrontos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.