Conflitos deixam pelo menos 100 mortos na Nigéria

Pelo menos 100 pessoas morreram e mais de 400 ficaram feridas em quatro dias de enfrentamentos étnico-religiosos em Lagos, informou hoje a Cruz Vermelha. Os conflitos na capital nigeriana, onde vivem cerca de 13 milhões de habitantes, começaram no último fim de semana entre a etnia haussa (muçulmanos do norte) e a iorubá (cristãos do sudoeste).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.