Conflitos ferem cerca de 200 pessoas em Bangladesh

Cerca de 200 pessoas ficaram feridas em choques entre as forças de segurança de Bangladesh e partidários da oposição, que neste domingo protagonizaram uma jornada de violentos protestos contra a realização das eleições no dia 22 e bloquearam totalmente a capital.Segundo informa nesta segunda-feira o jornal local "The Daily Star", os piores enfrentamentos, nos quais houve aproximadamente 50 feridos, foram registrados na área de Adabor, na capital, Daca, e duraram quatro horas.Além disso, 106 ativistas da opositora Liga Awami foram detidos pela Polícia, 28 deles em Adabor.A Liga Awami convocou três dias de protestos, que começaram ontem, durante os quais pretendem bloquear totalmente a capital, assim como todos os portos, aeroportos e rotas terrestres de Bangladesh.A Liga quer forçar com isso um adiamento das eleições gerais previstas para o próximo dia 22, que tanto esta aliança opositora, formada por 14 partidos, como um bloco de sete grupos esquerdistas decidiram boicotar.Na opinião dos opositores, o Governo provisório encarregado de organizar o pleito não criou condições para que se realizem em condições de igualdade, mas com vantagens ao Partido Nacionalista de Bangladesh (BNP), que liderou o último Executivo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.