Confronto com paramilitares deixa 4 mortos na Bolívia

Um enfrentamento armado de paramilitares contra camponeses e indígenas, no departamento (Estado) boliviano de Pando, na localidade de Porvenir, deixou pelo menos quatro mortos e 20 feridos e um número não determinado de desaparecidos. As informações são da Agência Boliviana de Informação (ABI), a agência estatal do governo boliviano. Segundo a ABI, os camponeses e indígenas foram atacados por paramilitares armados pelo governo de Pando, na localidade de Porvenir. O departamento de Pando é um dos cinco que fazem oposição ao governo do presidente Evo Morales.Em La Paz, o vice-ministro do governo, Rubén Gamarra, informou à imprensa que os quatro mortos são Pedro Oshiro, funcionário da prefeitura (governo estadual); um vereador do município de Porvenir e dois camponeses. Segundo informações da ABI, os funcionários e os camponeses discutiam medidas contra a violência gerada por grupos paramilitares da chamada "medialuna", ou a meia lua, os quatro Estados autonomistas do leste. O governo informou que perto do distrito de Três Barrancas alguns paramilitares do governo de Pando bloquearam estradas, armaram barricadas e atacaram os camponeses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.