Confronto entre católicos e protestantes na Irlanda do Norte deixa três feridos

A polícia da Irlanda do Norte acredita que o ataque do grupo paramilitar protestante Força dos Voluntários do Ulster a uma vizinhança católica deu início à onda de confrontos que deixou três feridos nos últimos dias em Belfast. Católicos e protestantes enfrentaram-se terça-feira, pela segunda noite consecutiva. Um fotógrafo foi baleado na perna por um atirador, em um caso investigado como tentativa de homicídio. Outros dois homens sofreram queimaduras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.