Confronto entre Exército e terroristas mata 8 na Caxemira

Entre os mortos há um major, três soldados indianos e quatro separatistas da região

Efe,

22 de março de 2009 | 06h40

Oito pessoas, entre elas um major e três soldados do Exército indiano, morreram em dois combates entre terroristas e as Forças Armadas da Índia, na Caxemira, informou neste domingo, 22, o tenente-coronel J.S. Brar.

 

Os outros quatro mortos faziam parte de grupos armados separatistas da região, formados por paquistaneses, de acordo com a agência indiana Ians.

 

"Os combates começaram há três dias e continuam; nossas tropas isolaram uma floresta na área de Chokibal ao receber informações de que havia presença de terroristas no local", explicou o tenente-coronel.

 

Índia e Paquistão disputam a Caxemira desde 1947 e, embora tenham assinado um cessar-fogo na fronteira em 2003, desde então 58 confrontos armados ocorreram na região, 34 deles no ano passado, a maioria devido à ação de grupos armados paquistaneses que tentam derrubar o controle indiano de sua parcela deste território.

Tudo o que sabemos sobre:
CaxemiraÍndiaPaquistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.