Confronto entre rebeldes e policiais mata 6 na Rússia

Pelo menos cinco militantes e um policial foram mortos hoje durante uma ofensiva das forças de segurança da Rússia contra o esconderijo de um grupo rebelde no norte do Cáucaso, segundo divulgou a imprensa local. O tiroteio ocorreu na região muçulmana entre Stavropol e Karachayevo-Cherkessiya. Essa área geralmente não registra episódios de violência como acontece em outras partes do sul da Rússia e há poucos detalhes sobre o incidente de hoje.

AE, Agência Estado

15 de fevereiro de 2011 | 09h48

Um funcionário do Ministério do Interior afirmou que houve uma "operação especial" na manhã de hoje, que durou cerca de cinco horas em uma região com muitas florestas. Os rebeldes reagiram com disparos, após serem descobertos por tropas russas, matando um policial e ferindo três outros, segundo a agência de notícias RIA Novosti. Cinco insurgentes foram mortos.

O confronto ocorre no momento em que as forças russas estariam lançando uma caçada ao líder islamita Doku Umarov, que reivindicou a autoria do ataque suicida que matou 36 pessoas em um aeroporto de Moscou no mês passado. Umarov e seu pequeno grupo de guerrilheiros bem armados têm se escondido das tropas russas nas montanhas do norte do Cáucaso na última década. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
confrontorebeldesRússiamortos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.