Confronto entre tropa turca e rebeldes deixa 38 mortos

Um combate entre soldados turcos e rebeldes curdos na fronteira da Turquia com o Iraque deixou pelo menos 15 soldados e 23 insurgentes mortos. Segundo um porta-voz militar turco, os rebeldes atacaram um posto militar remoto no sudeste da Turquia. Aviões, helicópteros e unidades de artilharia turcos responderam com ataques a posições curdas no norte do Iraque.Neste ano, esta foi a batalha que deixou o maior número de mortos. O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, disse que outros 20 soldados ficaram feridos. Por conta do confronto, Erdogan interrompeu uma visita oficial ao Turcomenistão e voltou à Turquia."Esses ataques traiçoeiros contra a unidade indivisível de nosso país nunca atingirão seus objetivos", disse o presidente do Parlamento turco, Koksal Toptan. "Não temos dúvidas de que eles terão a resposta que merecem, da maneira mais dura."Na próxima semana, o Parlamento turco deve votar uma proposta que renova por mais um ano a permissão para que militares turcos cruzem a fronteira em operações contra bases curdas no norte do Iraque. A permissão atual vence em 17 de outubro.Os rebeldes curdos, que têm bases no sudeste da Turquia e no norte do Iraque, vêm lutando por autonomia desde 1984.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.