Confronto mata 27 membros do Taleban no oeste afegão

Enfrentamentos e ataques aéreos deixaram 27 membros do Taleban mortos em uma província no oeste do Afeganistão, informaram hoje as Forças Armadas do país. O general Jalandar Shah Behnam, comandante militar no oeste afegão, afirmou que suas forças se lançaram em paraquedas atrás das linhas do Taleban, na província de Badghis. Com isso, ajudaram a encurralar vários milicianos, durante uma ofensiva das forças locais e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

AE-AP, Agência Estado

06 de abril de 2010 | 11h42

Os combates foram da madrugada até o início da tarde de hoje (horário local), segundo Behnam. Foram recolhidos 27 corpos de milicianos, afirmou o general. Além disso, foi morto um soldado afegão e cinco outros ficaram feridos. Um norte-americano também se feriu.

Behnam disse que a área do ataque havia se convertido nos últimos meses em base do Taleban. Ela fica perto de uma estrada que une várias províncias do oeste e do noroeste do país. "Esta era uma ameaça importante para nossas forças", notou Behnam. "Eliminar a oposição dessa zona é muito importante para nós", disse, ressaltando que a operação continuará. A ofensiva ocorre em uma zona pouco povoada a 300 quilômetros de Cabul e não deixou vítimas civis, segundo o militar.

Civis

Já um ataque aéreo da Otan em uma casa no sul do Afeganistão matou quatro civis e quatro insurgentes, disseram um funcionário afegão e a aliança militar. As autoridades afegãs e da Otan afirmaram investigar em conjunto as mortes, que podem aumentar a tensão entre o presidente Hamid Karzai e seus aliados internacionais.

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãoconfrontosTalebanmortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.