Confronto mata três membros da Al Qaeda e um policial

Entre os 20 rebeldes detidos está o chefe do clã Albuhedu

Agencia Estado

19 Junho 2007 | 11h05

Três supostos membros da organização terrorista Al Qaeda e um policial morreram na madrugada deste sábado, 16, em confrontos no norte do Iraque, que terminaram com a detenção de 20 rebeldes, informaram fontes das forças de segurança iraquianas. A Polícia realizou uma ampla batida na aldeia de Albuhedu, próxima à cidade de Samarra, 120 quilômetros ao norte da capital iraquiana, acrescentaram as fontes. A operação de segurança, com inspeções nas casas, começou na noite de sexta-feira, 15, e se estendeu pela madrugada, explicaram. Entre os supostos terroristas mortos foi identificado um saudita, que levava uma carga de explosivos junto ao corpo. No confronto, foram feridos dois policiais. Entre os 20 rebeldes detidos estava o chefe do clã Albuhedu. Foram destruídos vários carros usados pelos insurgentes. A campanha faz parte das intensas medidas de segurança lançadas pelas autoridades iraquianas em Samarra e seus arredores, depois do atentado que na quarta-feira destruiu parte de um importante mausoléu xiita na cidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.