Confronto no Afeganistão mata pelo menos 8 pessoas

Homens armados com uniformes da polícia e jalecos com explosivos tomaram um edifício do governo no leste do Afeganistão, hoje, enfrentando as forças de segurança do entorno, segundo autoridades. Pelo menos oito pessoas morreram no enfrentamento, que continua.

AE, Agência Estado

22 de maio de 2011 | 13h30

O ataque ocorre um dia após um suicida do Taleban matar pelo menos seis estudantes de Medicina em um hospital militar de Cabul.

Um porta-voz do Taleban reivindicou o ataque deste domingo na província de Khost, em comunicado. De madrugada, quatro homens com fuzis e jalecos com explosivos tomaram o edifício do Departamento de Trânsito, nas proximidades da cidade de Khost (capital da província de mesmo nome), disse o chefe da polícia provincial, Abdul Hakim Ishaqzai.

Guardas dispararam contra os homens, mas eles conseguiram matar um policial e tomaram posições nos andares superiores do prédio. No total, três policiais, um civil e um soldado afegão morreram no tiroteio, segundo Ishaqzai, além de três dos agressores. Cinco policiais ficaram feridos. Aparentemente, apenas um dos homens ainda estava vivo no prédio. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãoconfronto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.