Confronto no Sudão do Sul causa cerca de 200 mortes

Pelo menos 200 pessoas ficaram feridas em uma semana de conflitos no estado de Jonglei, no Sudão do Sul, disse Tony Lanzer, a principal autoridade humanitária da Organização das Nações Unidas (ONU) no país.

Agência Estado

14 de julho de 2013 | 20h05

Segundo o coordenador humanitário da ONU no Sudão do Sul, "cerca de 200 vítimas chegaram a Manyabol", um vilarejo no estado sul-sudanês, onde homens armados de grupos étnicos rivais estão em um conflito há uma semana. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Sudão do Sulconflitosmortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.