Confronto termina com 6 criminosos mortos no México

Seis supostos criminosos morreram e um soldado ficou ferido após um confronto no nordeste do México, informou hoje a Secretaria de Defesa Nacional. O conflito ocorreu na tarde de ontem no Estado de Tamaulipas, que faz fronteira com os Estados Unidos. Militares revistavam um veículo escondido no meio do mato quando foram atacados por homens que estavam escondidos em uma construção próxima.

AE-AP, Agência Estado

08 de outubro de 2010 | 15h39

Ao revidar o ataque, o Exército matou seis agressores. Um militar ficou ferido. Ainda não há informações sobre o estado de saúde dele. O confronto ocorreu em Nueva Ciudad Guerrero, a mais de mil quilômetros ao norte da capital mexicana. No local, foram encontrados sete armas, 38 carregadores, um lançador de granadas, cartuchos e uma caminhonete.

Em 2010, o Estado de Tamaulipas registrou um aumento da violência que, segundo o governo, ocorre em razão de uma disputa entre o cartel de drogas do Golfo e seus antigos aliados, os Zetas.

Tudo o que sabemos sobre:
Méxicoviolênciaconfrontomortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.