Confrontos contra rebeldes matam 43

Pelo menos 23 soldados e 20 rebeldes do grupo Abu Sayyaf morreram em combates no sul das Filipinas, informou ontem o comandante do Exército, general Benjamin Dolorfino. Os combates ocorreram em Ungkaya Pukan, na ilha de Basilan, e começaram após a descoberta de um campo militar do Abu Sayyaf, ligado à rede Al-Qaeda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.