Confrontos deixam 37 supostos talebans mortos no Afeganistão

Pelo menos 37 supostos militantes talebans morreram em dois confrontos no sul e no leste do Afeganistão com tropas da Força para a Assistência à Segurança (Isaf) e do Exército afegão, informaram fontes oficiais. O primeiro combate aconteceu na quarta-feira, quando um grupo de mais de 30 rebeldes atacou um posto policial no distrito de Zhari, na província de Kandahar, ao sul do país. O porta-voz do Ministério do Interior, Mohammad Rasa, informou que a polícia afegã pediu ajuda à força internacional. O contra-ataque aéreo da Isaf matou 22 supostos talebans. No leste do país, 15 supostos militantes morreram e um soldado da Isaf foi ferido num combate na terça-feira. O porta-voz da Isaf, Luke Knitting, disse que os rebeldes tentaram armar uma emboscada contra uma patrulha no distrito de Barmal,na província de Paktika, o que levou a um combate. Este ano está sendo o mais sangrento no Afeganistão desde a invasão do país em 2001. Já aconteceram cerca de 2 mil mortes.

Agencia Estado,

09 Novembro 2006 | 05h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.