Confrontos deixam 40 mortos no Afeganistão nesta quarta-feira

Violentos confrontos e bombardeios promovidos pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) resultaram na morte de pelo menos 36 supostos rebeldes no sul do Afeganistão. Os ataques deixaram pelo menos 40 pessoas mortas nesta quarta-feira, segundo autoridades locais.Ao mesmo tempo, insurgentes promoveram ações que resultaram na morte de um soldado da Otan e feriram mais cinco.Em outros pontos do sul afegão, duas explosões causaram a morte de pelo menos três civis, informaram autoridades locais.No pior incidente do dia, 18 rebeldes supostamente vinculados à milícia fundamentalista islâmica Taleban foram mortos em confronto com a polícia na província sulista de Zabul, disse Jailani Khan, subcomandante da polícia local.Mais 18 supostos rebeldes morreram hoje em bombardeios promovidos pela Otan contra o sul do Afeganistão, sendo 11 em Kandahar e sete em Zabul.Mais de mil pessoas, supostos rebeldes em sua maioria, morreram ao longo dos últimos três meses no Afeganistão, o período mais violento desde a queda, em 2001, do regime fundamentalista liderado pelo Taleban. Apenas nos últimos quatro dias, o número de mortos ultrapassa 150.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.