Confrontos deixam 9 mortos e 18 feridos na Chechênia

Militantes mataram 4 policiais e deixaram 16 feridos após uma emboscada nas montanhas no sul da Chechênia, região separatista da Rússia, informou nesta segunda-feira o Ministério do Interior. A pasta também disse que 5 militantes foram mortos e 2 ficaram feridos no subsequente tiroteio.

AE, Agência Estado

09 de janeiro de 2012 | 12h19

Um batalhão das tropas do ministério em patrulhamento conjunto com a polícia local no fim deste domingo foi atingido por minas colocadas pelos militantes, informou a pasta. A partir daí, teve início um tiroteio. Alguns militantes conseguiram fugir assim que caiu a noite. Valentin Kalyuzhny, porta-voz do ministério, afirmou que as tropas recomeçaram as buscas por militantes nesta segunda-feira.

A Chechênia travou duas guerras pela independência contra Moscou nos anos 1990, mas se tornou relativamente calma nos últimos anos, uma vez que a insurgência se disseminou para repúblicas vizinhas do Cáucaso russo. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaChechêniaconfrontos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.