Confrontos deixam pelo menos 6 mortos no Paquistão

Forças de segurança mataram quatro supostos militantes durante a noite de hoje no noroeste do Paquistão. As forças pró-governo realizam uma grande ofensiva militar contra membros da Al-Qaeda e do Taleban na área. Em outro incidente, militantes lançaram foguetes contra um posto de segurança perto de Darra Abam Khel, outra área no noroeste, perto da fronteira com o Afeganistão. Dois paramilitares foram mortos e outros três feridos nesse ataque.Já a polícia informou que um cidadão norte-americano detido e depois liberado na região foi preso novamente. O homem, identificado como Juddi Kenan, estava agora detido por agentes da inteligência paquistanesa, que queriam informações sobre a atuação dele no país. Segundo o chefe da polícia distrital Waqif Khan, o homem de 20 anos tinha cidadania norte-americana e paquistanesa e foi detido em Mohmand, uma área de forte concentração de militantes. A embaixada dos Estados Unidos confirmou apenas que um cidadão norte-americano foi preso em Mohmand. Um funcionário do governo disse que Khar, a principal cidade da província de Bajur, estava sob toque de recolher por causa da violência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.