Confrontos em Budapeste deixam 128 feridos

Confrontos entre policiais e manifestantes em Budapeste durante as comemorações dos 50 anos do levantamento anti-soviético de 1956 deixaram 128 feridos e quase 40 detidos, informaram fontes oficiais.A polícia sufocou o último foco de manifestantes na capital húngara durante a madrugada, pouco antes das 2h (21h de segunda-feira, em Brasília), na ponte Erzsébet, após duas horas utilizando gás lacrimogêneo e jatos de água.Os manifestantes tinham erguido barricadas dos dois lados da ponte. Segundo a televisão pública, poucos minutos depois da ação policial, nos arredores havia "um silêncio absoluto".Quase 40 pessoas foram detidas após as manifestações não autorizadas em Budapeste, informou na televisão pública o capitão de polícia Peter Gergeny.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.