Confrontos em Cantão deixam 30 feridos e destruição

Dois conflitos que afetaram a província chinesa de Guangdong (Cantão) desde o início da semana deixaram dezenas de feridos e evidenciaram o agravamento da tensão social em torno de dois dos mais graves problemas recentes da China: a animosidade entre trabalhadores migrantes e a população local e a venda de terras rurais sem a autorização de camponeses que detêm o direito de explorá-las.

O Estado de S.Paulo

28 de junho de 2012 | 03h03

Centenas de pessoas originárias da Província de Sichuan enfrentaram-se em uma batalha campal com a polícia e moradores do distrito de Shaxi. A origem do confronto foi a prisão de um adolescente de 15 anos de Sichuan que havia se envolvido em uma briga com outro adolescente de origem local. Até ontem, ao menos 30 pessoas tinham ficado feridas e fotos de Shaxi na internet mostravam dezenas de carros incendiados, lojas destruídas e prédios em chamas. / C.T.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.