Confrontos entre ex-aliados matam ao menos 45 na Síria

Ativistas relataram que confrontos entre grupos jihadistas rivais no leste da província de Deir el-Zour mataram pelo menos 45 combatentes nos últimos dois dias. O embate entre a Frente Nusra, filiada à Al-Qaeda, e o grupo dissidente Estado Islâmico do Iraque e do Levante ocorreu em uma região próxima a fronteira com o Iraque.

AE, Agência Estado

09 de junho de 2014 | 12h05

O Observatório Sírio-Britânico para os Direitos Humanos, que acompanha a evolução dos conflitos internos na Síria, relatou que a disputa entre os dois movimentos já matou ao menos 300 pessoas e forçaram o deslocamento de 100 mil civis desde o começo do ano.

A luta interna enfraqueceu a vontade da oposição síria para derrubar o presidente Assad. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
SíriaViolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.