AP Photo/Ricardo Mazalan
AP Photo/Ricardo Mazalan

Confrontos entre Exército e grupo violento na Venezuela deixam seis mortos

Enfrentamento aconteceu em meio aos exercício militares convocados pelo presidente Nicolás Maduro, quando a patrulha encontrou membros do chamado Los Rastrojos

O Estado de S.Paulo

26 Agosto 2017 | 19h48

CARACAS - Seis pessoas morreram neste sábado, 26, em enfrentamentos entre o Exército venezuelano e um grupo violento no Estado de Táchira, fronteiriço com a Colômbia, em meio aos exercícios militares realizados no país, informou o major-general Jesús Suárez Chourio.

"Estávamos vasculhando, patrulhando e protegendo nossa fronteira. Nesta operação, nos encontramos com um grupo causador de violência chamado Los Rastrojos. O enfrentamento foi provocado, tendo como resultado seis elementos abatidos", disse Chourio em declarações à emissora estatal VTV.

O militar apontou que no incidente também foi capturada "uma cidadã" que, segundo ele, está contribuindo com "informações valiosas para esclarecer o caso e chegar às conexões de fatos irregulares na Venezuela".

O grupo criminoso Los Rastrojos surgiu no território colombiano após a desmobilização da organização paramilitar Autodefesas Unidas da Colômbia. Chourio explicou que havia munição, material de "intendência", "um uniforme do Exército colombiano com nomes e sobrenomes" e "hierarquização e grau" em posse do grupo. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.