Confrontos entre integrantes do Hamas e do Fatah continuam

Três militantes do grupo islâmico Hamas foram feridos nesta quarta-feira a tiros na Cidade de Gaza, aparentemente disparados por milicianos do Fatah, segundo fontes palestinas.A agressão aconteceu ao leste da cidade de Khan Yunes, sul de Gaza, quando um grupo de milicianos desconhecidos atacou e aparentemente tentou seqüestrar três militantes do Hamas que saíam de uma mesquita, acrescentaram as fontes. As vítimas foram abandonadas num posto de gasolina.Fontes hospitalares disseram que os três ativistas do Hamas, que levaram tiros nas pernas e no abdômen, se encontram em estado grave. O Hamas acusou o Fatah de seqüestrar os três ativistas, membros da força de segurança criada recentemente pelo Ministério do Interior, subordinado ao Governo palestino.Nas últimas semanas os confrontos armados entre membros dos dois grupos têm se intensificado na Faixa de Gaza. As 13 facções palestinas deverão se reunir numa tentativa de resolver a situação. O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, vai abrir nesta quarta em Ramallah a primeira sessão de contatos.Em Gaza, o primeiro-ministro palestino, Ismail Haniyeh, vai acompanhar com representantes de diferentes grupos palestinos as sessões. Ele terá de usar o sistema de videoconferência, pois Israel impede a livre circulação de palestinos entre os territórios de Gaza e da Cisjordânia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.