Confrontos entre Turquia e rebeldes do PKK deixa 3 mortos

Conflitos começaram na semana passada, na fronteira com Iraque; pelo menos 7 turcos ficaram feridos

Associated Press,

31 de março de 2008 | 15h11

Confrontos entre tropas turcas e rebeldes curdos do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) deixaram pelo menos três soldados mortos e sete feridos no sul do país, informou a imprensa local nesta segunda-feira, 31. Os conflitos começaram na semana passada, na província de Sirnak, na fronteira com o Iraque.  Veja também:Exército turco diz que matou 15 militantes do PKK no Iraque Os enfrentamentos coincidem com um ataque do Exército turco contra os rebeldes do PKK que deixou cerca de 15 militantes mortos, segundo um relatório das autoridades turcas, divulgado no sábado, 29. Ainda segundo o Exército, na sexta-feira, 28, aviões turcos bombardearam a região "matando um número indeterminado de terroristas." A Turquia, assim como os Estados Unidos e União Européia, consideram o PKK um grupo terrorista, que usa bases no norte do Iraque para bombardear alvos turcos. O comunicado de sábado confirmou a primeira ação militar que atravessou a fronteira iraquiana desde a última incursão turca país, terminada em 29 de fevereiro. Na ocasião, o Exército turco fez uma incursão militar por terra no norte do Iraque durante oito dias, com o objetivo de eliminar bases do PKK no país. Após o fim da operação militar, o governo turco advertiu que essa não seria a última intervenção na região. 

Tudo o que sabemos sobre:
TurquiaPKKIraque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.