Confrontos fecham aeroporto de Trípoli

Milícias rivais lutaram neste domingo pelo controle do aeroporto internacional na capital da Líbia, Trípoli. Tiros e explosões ecoavam pela cidade e companhias aéreas tiveram de cancelar alguns voos internacionais.

Agência Estado

13 Julho 2014 | 10h44

Um membro de um batalhão revolucionário que participou do confronto disse que houve uma luta feroz, travada entre forças líbias e milícias, entre as quais a poderosa milícia de Zintan, que controla o aeroporto. Moradores da região disseram que tropas cercaram a pista de pouso e dispararam mísseis contra os edifícios. Colunas de uma fumaça negra espessa podiam ser vistas no centro de Trípoli. Ainda não há informações sobre o número de vítimas.

Autoridades disseram neste sábado que o aeroporto já deveria ter sido entregue

ao controle do governo. O governo líbio cede a essas milícias para que elas façam a segurança em determinadas áreas do país, onde falta controle central.

A Líbia tem sido palco de confrontos violentos entre milícias rivais desde a guerra civil de 2011, que derrubou o ditador Muamar Kadafi.

A companhia aérea egípcia EgyptAir informou, neste domingo, ter cancelado dois voos que chegariam a Trípoli. Centenas de viajantes permanecem na área de espera do terminal, aguardando que o aeroporto seja reaberto. A companhia britânica British Airways e a turca Turkish Airlines também cancelaram voos. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Líbiaconfrontosaeroporto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.