, O Estado de S.Paulo

26 de abril de 2010 | 00h00

Embates entre o Exército sudanês e árabes nômades de Darfur, na sexta-feira, terminaram com 58 mortos. O confronto aumentou a tensão entre as regiões norte e sul do país, que podem se separar após o plebiscito de 9 de janeiro de 2011. Um acordo de paz, selado em 2005, garantiu à região o direito de ter um Exército próprio e um governo semiautônomo, depois de duas décadas de guerra civil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.