Confrontos no Afeganistão deixam 4 talibãs mortos

As mortes ocorreram em enfrentamentos com tropas da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf

EFE

24 de agosto de 2008 | 05h36

Pelo menos quatro talibãs morreram neste domingo em confrontos com tropas da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) e da coalizão americana nas províncias afegãs de Helmand (sul) e Kapisa (nordeste), informaram forças internacionais. Um dos enfrentamentos ocorreu no distrito de Moussa Qala, na província de Helmand, onde os insurgentes atacaram uma unidade do Exército afegão que vigiava uma estação de satélite. Uma unidade afegã, que recebeu apoio aéreo da Isaf - liderada pela Organização do Tratado do Atlântico Norte no Afeganistão -, respondeu e matou os quatro agressores, segundo comunicado divulgado pela Isaf. De acordo com a fonte, tanto o Exército afegão como a Isaf - que na província de Helmand é formada fundamentalmente por soldados britânicos - não sofreram baixas no ataque. Outro confronto foi registrado no sábado no distrito de Tagab, em Kapisa, onde as forças da coalizão antiterrorista liderada pelos Estados Unidos empreenderam uma "operação para desbaratar atividades rebeldes na província", informou hoje o comando americano. O objetivo da operação era deter um comandante talibã "que faz contrabando de armas e captura combatentes estrangeiros", segundo o comunicado americano. "Durante a operação, militantes armados enfrentaram as forças (da coalizão), que responderam com fogo leve e mataram os militantes", acrescentou. A fonte disse que causou "múltiplas" baixas entre os insurgentes neste enfrentamento. Foram apreendidos também por oficiais dos EUA fuzis e metralhadoras inimigos. Cerca de 2.800 pessoas já morreram este ano em combates, bombardeios e atentados no Afeganistão, segundo cálculos da imprensa local.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.