Ali Abbas/Efe
Ali Abbas/Efe

Confrontos no Iraque deixam 19 mortos

Militantes derrubaram um helicóptero do Exército, no que parece ser um levante da Al-Qaeda

AE, Agência Estado

26 de julho de 2012 | 10h48

BAGDÁ - Militantes derrubaram um helicóptero do Exército iraquiano nesta quinta-feira, em confrontos que deixaram pelo menos 19 mortos, incluindo 11 policiais, no que parece ser um levante da Al-Qaeda pra retomar seus antigos bastiões.

Veja também:

linkEstado Islâmico do Iraque assume atentados

linkDia mais sangrento em 2 anos tem 111 mortos e 300 feridos no Iraque

forum CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

As lutas na cidade de Hadid, cerca de dez quilômetros de distancia da capital da província de Diyala, seguem um chamado do líder da Al-Qaeda no Iraque para contra-atacar em áreas das quais grupo foi expulso pelos Estados Unidos em 2007. Um dia após a publicação da ameaça, tiroteios e explosões mataram 115 pessoas em todo o país, no dia mais violento no Iraque em dois anos.

O porta-voz da província, Salih Ebressim Khalil, afirmou que quando os militantes abriram fogo contra o helicóptero, um soldado morreu, outro foi ferido e a aeronave foi forçada a realizar um pouso de emergência. O resto da tripulação saiu ilesa.

 

O helicóptero foi chamado para dar supervisão aérea para as forças de segurança que estão enfrentando insurgentes desde a noite de quarta-feira, onde já morreram 11 policiais, disse Khalil. De acordo com a polícia, sete militantes foram mortos e oito presos.

As informações são da Associated Press.

 

Mais conteúdo sobre:
IraqueviolênciaAl-Qaeda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.