Confusão em comício na Nigéria provoca 11 mortes

A polícia da Nigéria informou hoje que ao menos 11 pessoas morreram em uma confusão durante um comício eleitoral do qual o presidente do país, Goodluck Jonathan, participava. Rita Inoma-Abbey, porta-voz da polícia, afirmou que a correria começou quando a multidão tentava entrar no Estádio Port Harcourt Liberation.

AE, Agência Estado

13 de fevereiro de 2011 | 09h47

Esse tipo de incidente é um risco em grandes eventos na Nigéria, onde a polícia frequentemente não tem treinamento formal para lidar com multidões. O comício foi realizado em preparação para as eleições no país que serão realizadas em abril. Segundo Inoma-Abbey, o presidente Jonathan não ficou ferido. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Nigériacomícioconfusãomortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.