Congo adia posse de Joseph Kabila

As autoridades da República Democrática do Congo (RDC) adiaram pela segunda vez a cerimônia de posse do novo presidente Joseph Kabila, cujo nome já fora aprovado pelo Parlamento para suceder seu pai, Laurent Kabila, assassinado semana passada. Segundo o ministro das Comunicações da RDC, Dominique Sakombi, a cerimônia, programada anteriormente para ocorrer hoje, será realizada amanhã no Palácio do Povo, o edifício governamental onde o corpo de Laurent Kabila estivera exposto para visita popular antes de seu funeral na terça-feira.Depois de prestar juramento, Joseph Kabila fará um pronunciamento à nação pela primeira vez desde que foi nomeado chefe de Estado, após o assassinato de seu pai por um guarda-costas.Sakombi não explicou a causa do adiamento da cerimônia, embora funcionários da presidência afirmem que ela seja devida aos preparativos dos últimos detalhes legais da sucessão. Laurent Kabila suspendeu a Constituição quando derrubou o falecido ditador Mobutu Sese Seko em 1997. Atualmente, não existem regras dentro do direito congolês para a entrega de poder.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.