Congressista dos EUA baleada já respira sem aparelhos

Médicos que cuidam da representante (deputada) democrata Gabrielle Giffords, baleada na cabeça no sábado, disseram que ela já respira sem a ajuda de aparelhos. Michael Lemole, neurocirurgião da congressista norte-americana, disse que ela também está respondendo aos médicos.

AE, Agência Estado

11 de janeiro de 2011 | 16h43

Seis pessoas ainda estão hospitalizadas após a matança ocorrida no sábado em Tucson, no Estado de Arizona, quando Jared Lee Loughner, de 22 anos, atirou na multidão enquanto Giffords discursava. Seis pessoas foram mortas e 13 ficaram feridas. Loughner, indiciado ontem, pode ser executado se for considerado culpado no julgamento.

Giffords, de 40 anos, deputada desde 2007, criticava duramente a lei anti-imigração do Arizona, apoiada pelos republicanos. Também defendia a reforma do sistema de saúde, que é uma bandeira do presidente Barack Obama. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.