Congressista teria visto Humala receber dinheiro

Um membro do Congresso do Peru, Alvaro Gutierrez, afirmou, ao jornal Peru21, que testemunhou funcionários da embaixada da Venezuela no país entregando dinheiro a Ollanta Humala em 2006, quando ele concorreu à presidência do país. Gutierrez também ajudou a financiar a campanha de Humala.

AE, Agência Estado

18 de maio de 2011 | 19h10

O parlamentar, que disse ter ocorrido três ou quatro entregas de dinheiro em sua casa, não pôde ser encontrado para falar sobre o assunto. Ele foi eleito pelo partido de Humala, mas posteriormente deixou a legenda. Humala nega ter recebido recursos da Venezuela para sua campanha eleitoral de 2006. O recebimento de recursos de governos estrangeiros é contra a lei.

Humala, um ex-oficial militar de 48 anos e líder de um movimento nacionalista de esquerda, está numa disputa acirrada no segundo turno da eleição presidencial, marcada para 5 de junho, com a congressista conservadora Keiko Fujimori, de 35 anos, filha do ex-presidente Alberto Fujimori. Nesta campanha, Humala tem trabalhado para se distanciar do presidente da Venezuela, Hugo Chávez. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
PerueleiçõesHumalaVenezuela

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.