Congressistas processam Obama por guerra na Líbia

Um grupo bipartidário de congressistas dos Estados Unidos apresentou hoje um processo contra o presidente Barack Obama em um tribunal federal, pela suposta conduta "ilegal" de Obama ao ordenar operações militares na Líbia sem autorização do Legislativo.

AE, Agência Estado

15 de junho de 2011 | 14h28

O deputado Dennis Kucinich, membro do Partido Democrata, o mesmo do presidente, e outros nove membros da Câmara dos Representantes apresentaram o processo. Eles alegam que Obama teria contornado o Congresso - que pela Constituição norte-americana tem a prerrogativa de declarar guerras - ao autorizar o uso de forças militares no exterior.

"Com relação à guerra na Líbia, nós acreditamos que a lei foi violada. Nós pedimos aos tribunais que ajam para proteger o povo americano dos resultados dessas políticas ilegais", afirmou Kucinich.

Os EUA estão envolvidos na campanha de ataques aéreos contra forças do governo de Muamar Kadafi na Líbia. A ação internacional é liderada pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), com o fim de proteger civis da repressão oficial, e está respaldada por uma decisão do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAObamaCongressoprocessoLíbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.