Congresso aprova lei que liberará US$ 600 milhões para reforçar fronteira

EUA

, O Estado de S.Paulo

13 de agosto de 2010 | 00h00

O Congresso americano aprovou ontem uma lei que outorga US$ 600 milhões para reforçar a segurança na fronteira sul dos EUA com 1.500 policiais. A lei ainda deve ser promulgada pelo presidente Barack Obama, que promove a estratégia de segurança por causa da crescente violência no México. Desde dezembro de 2006, 28 mil pessoas foram mortas. A lei inclui verbas para novas tecnologias que serão usadas no combate ao tráfico de drogas e armas e à imigração ilegal. Obama também quer levar adiante uma reforma imigratória que abra o caminho para a legalização de 11 milhões de ilegais, mas republicanos exigem primeiro uma maior segurança na fronteira com o México, onde cartéis travam uma violenta luta pela rota do tráfico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.