Congresso da Colômbia aprova reeleição do presidente

O Congresso colombiano aprovou, por 115 votos a 35, uma reforma constitucional que permitirá ao presidente Alvaro Uribe disputar um novo mandato. Uribe termina seu período presidencial em agosto de 2006. Antes de entrar em vigor, a emenda, que permite apenas uma reeleição, deverá ser votada pelo Senado e finalmente terá de ser avaliada pela Corte Constitucional.De acordo com analistas políticos, Uribe, com uma popularidade em torno de 70%, não dará trégua a seus adversários na campanha eleitoral. O ministro do Interior, Sabas Pretelt de la Vega, disse que, "como colombiano, sinto-me orgulhoso de ter feito parte dessa discussão e pela maneira como o debate foi realizado".Mais de 30 deputados estavam inscritos para tomar a palavra durante a sessão que discutiu a reeleição, mas Vega conseguiu convencer a muitos deles a desistir de falar, para acelerar a votação. Gustavo Petro, do Pólo Democrático Independente, afirmou que apelará às cortes internacionais contra o projeto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.