Congresso dos EUA mantém restrições de viagens para Cuba

Decisão é revés para planos de Obama na reaproximação com país

Dow Jones Newswires e Associated Press

04 de junho de 2015 | 15h48

Deputados republicados votaram a favor de manter restrições para norte-americanos interessados em viajar para Cuba. A decisão é um revés para os esforços do presidente Barack Obama na reaproximação com o país. A votação bloqueou regras criadas em janeiro que facilitariam às viagens ao país e permitiriam a realização de voos comerciais dos Estados Unidos para ilha.

Ainda nesta quinta-feira, o Departamento de Tesouros dos Estados Unidos removeu cinco indivíduos, 53 entidades e um navio da sua lista negra cubana, dando continuidade aos trabalhos de Obama para normalizar as relações entre os dois países.

No fim de maio, por exemplo, o governo retirou oficialmente o nome de Cuba da lista do Departamento de Estado dos países que promovem o terrorismo. O ato era considerado passo fundamental para a retomada das relações diplomáticas entre os dois países.

Tudo o que sabemos sobre:
Estados UnidosCuba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.