Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Congresso vai pedir remoção de Pou

O presidente do Banco Central Argentino, Pedro Pou, poderá colocar um "ex" na frente de seu título a partir da semana que vem: o presidente do Senado, Mario Losada, anunciou que uma comissão de Senadores e Deputados encaminhará nos próximos dias o pedido da remoção de Pou ao presidente Fernando De la Rúa.Não existem precedentes para uma crise tão grave no BC argentino: esta é a primeira vez na história do país em que esta comissão é convocada.Pou está sendo acusado de ignorar propositadamente envios ilícitos de dinheiro para o exterior. Investigações surgidas através de deputados do Parlamento argentino em conjunto com o Senado norte-americano, indicam que o BC teria ocultado informação sobre a lavagem de dinheiro em uma operação entre o desaparecido Banco República, da Argentina; o Federal Bank das Bahamas e o Citibank de Nova Iorque.Calcula-se que a lavagem de dinheiro dessa operação tenha chegado a US$ 9 bilhões entre 1992 e 1999. É o caso de lavagem mais grave de toda a história argentina.

Agencia Estado,

14 de fevereiro de 2001 | 17h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.