Gerald Herbert/EFE
Gerald Herbert/EFE

Conselheiro de segurança nacional de Obama renuncia

James Jones deixa o cargo uma semana depois de chefe de gabinete anunciar saída

Associated Press

08 de outubro de 2010 | 11h38

WASHINGTON - O general James Jones, conselheiro de segurança nacional do presidente dos EUA, Barack Obama, apresentou sua renúncia nesta sexta-feira, 8, afirmaram fontes do governo americano.

 

A renúncia deve tomar efeito em duas semanas, e o novo assessor será Tom Donilon, atual vice de Jones, informaram a fontes, que falaram sob condição de anonimato. Obama anunciará a renúncia de Jones nas próximas horas em uma coletiva no jardim da Casa Branca.

 

Esta é a segunda renúncia de um conselheiro próximo de Obama em menos de uma semana. Na semana passada, o chefe de gabinete de Obama, Rahm Emanuel, deixou o cargo para disputar a prefeitura da cidade de Chicago. Especula-se que novas renúncias devam ser anunciadas à medida que se aproxima o segundo aniversário de Obama na presidência

 

Jones, veterano de 40 anos que se aposentou em fevereiro de 2009, já havia anunciado que não tinha a intenção de ocupar o cargo por mais de dois anos.

Tudo o que sabemos sobre:
James JonesObamaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.