Conselheiro iraquiano exige data para retirada dos EUA

O conselheiro de segurança nacional do Iraque, Mouwaffak al-Rubaie, declarou hoje que seu país não aceitará nenhum acordo de segurança com os Estados Unidos se o documento não contiver especificação da data na qual os soldados americanos se retirarão do território iraquiano.Os comentários de Rubaie foram feitos um dia depois de o primeiro-ministro do Iraque, Nouri al-Maliki, ter manifestado pela primeira vez em público a expectativa de que o acordo em negociação com os EUA contenha alguma espécie de cronograma de retirada.Rubaie disse a jornalistas que o Iraque "não aceitará nenhum memorando de entendimento que não contenha datas específicas para a retirada das forças estrangeiras".O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, é contra a imposição de um cronograma.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.