Conselho da Air France discute retorno do Concorde

O conselho executivo da Air France se reúne hoje para decidir o provável retorno dos vôos dos aviões Concorde. As aeronaves da empresa deixaram de operar depois do acidente ocorrido no dia 25 de julho do ano passado, nas imediações de Paris, quando 113 pessoas morreram. "Sempre dissemos que os vôos do Concorde voltariam em novembro", afirmou um porta-voz da empresa. Ele não confirmou a informação de que a data do recomeço dos serviços seria 7 de novembro. "Ainda existem alguns detalhes a resolver a respeito do retorno das operações", afirmou. O porta-voz disse ainda que não sabia se o conselho iria atrasar a volta dos Concorde em virtude dos ataques terroristas em Nova York e Washington e dos recentes ataques ao Afeganistão comandados pelos Estados Unidos eventos que forçaram muitas companhias aéreas a reduzir drasticamente seus serviços e expectativas para o futuro. Além da volta dos serviços do Concorde, o conselho deve discutir as novas medidas de segurança a serem adotadas pela companhia e a avaliar as projeções econômicas para os próximos meses.

Agencia Estado,

09 Outubro 2001 | 13h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.