Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Conselho da ONU condena abusos em Honduras

O Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) condenou os abusos cometidos em Honduras desde o golpe militar de 28 de junho. O conselho, formado por 47 nações, endossou unanimemente a proposta de países latino-americanos, incluindo Cuba, para pedir o fim imediato de todas as violações aos direitos humanos na nação da América Central. Sediado em Genebra, o órgão, que tem os Estados Unidos entre seus membros, também pediu a volta do presidente deposto, Manuel Zelaya, ao cargo.

AE-AP, Agencia Estado

01 de outubro de 2009 | 13h23

Os líderes interinos de Honduras suspenderam, desde domingo, algumas liberdades civis no país. Além disso, policiais e soldados ganharam poder para acabar com manifestações não autorizadas, prender pessoas sem mandados e restringir a imprensa. A decisão do governo de facto foi tomada após Zelaya convocar seus partidários para que realizem protestos contra o golpe.

Tudo o que sabemos sobre:
HondurascriseONUconselhocondenação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.