Conselho de Direitos Humanos da ONU renova cadeiras

Ao todo, 15 novos países das Nações Unidas passam a integrar o órgão de 47 membros

Agência Estado

20 de maio de 2011 | 19h15

NOVA YORK - Seis países que nunca fizeram parte do Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) estão entre os 15 novos membros do organismo, eleitos após uma rodada de votações secretas entre os Estados-membros da ONU na manhã desta sexta, 20, divulgou o site da ONU.

 

Áustria, Benin, Botsuana, República do Congo, Costa Rica e Kuwait farão sua estreia no conselho no próximo mês, iniciando mandatos de três anos no conselho de 47 membros que distribui suas cadeiras de acordo com uma fórmula baseada nas regiões do planeta.

 

Os outros membros recém-eleitos - embora já tenham ocupado cadeiras desde que o conselho foi criado, em 2006 - são Burkina Faso, Chile, República Checa, Índia, Indonésia, Itália, Peru, Filipinas e Romênia. O presidente da Assembleia Geral da ONU, Joseph Deiss, anunciou os resultados na sede da ONU, em Nova York.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.