Conselho de Governo do Iraque se dissolve

O Conselho do Governo Iraquiano, escolhido pelos EUA, dissolveu-se nesta terça-feira após o anúncio dos nomes do governo interino, informou o conselheiro de segurança nacional do Iraque, Mowaffak al-Rubaie. A missão do Conselho era assessorar a Autoridade Provisória da Coalizão, liderada pelos EUA, que entregará o controle do país ao governo interino em 30 de junho. O Conselho de Governo também deveria ser mantido até 30 de junho, mas, segundo uma autoridade norte-americana, foi dissolvido para que o novo governo começe a assumir imediatamente suas responsabilidades. O enviado das Nações Unidas ao Iraque, Lakhdar Brahimi, anunciou hoje que o xeque Ghazi al-Yawar foi nomeado presidente interino, função amplamente cerimonial. Al-Yawar, muçulmano sunita, foi crítico à política norte-americana no Iraque. Ele foi escolhido para o cargo de presidente depois que Adnan Pachachi, membro do Conselho do Governo, rejeitou sua indicação pelo administrador norte-americano Paul Bremer e pelo enviado da ONU. Al-Yawer, que era presidente do Conselho do Governo, é graduado na Universidade Saudita de Petróleo e Minerais e na Universidade de Georgetown. É um respeitado membro da tribo Shammar, uma das maiores na região do Golfo Pérsico, que inclui clãs xiitas. Al-Yamar conta com o apoio de membros xiitas e curdos do Conselho do Governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.