Conselho de Governo iraquiano critica ataque à Síria

O Conselho de Governo do Iraque, apontado pelos EUA, criticou o ataque aéreo de Israel contra uma suposta base da Jihad Islâmica na Síria, considerando-o uma violação da lei internacional. "O ataque aéreo israelense no país vizinho e irmão, a Síria, é um ato que contraria e viola leis e princípios internacionais e os objetivos da Carta da ONU", afirmou o conselho num comunicado. "O Iraque declara sua solidariedade com a posição assumida pelos países árabes".O comunicado foi divulgado dois dias depois que aviões de combate israelenses bombardearam uma suposta base de treinamento da Jihad Islâmica nos arredores da capital síria, Damasco, no primeiro grande ataque de Israel em território sírio em três décadas. O bombardeio ocorreu em retaliação a um atentado suicida no sábado, que matou 19 pessoas num restaurante em Haifa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.